Lanche com Galgos – 10 Junho 2018 – Katefriends & Galgos do Trevo

Aqui vos deixo o “Best Off” do nosso Lanche com Galgos realizado dia 10 de Junho na Quinta do Trevo e que teve a participação dos nossos queridos adotantes que conseguiram estar presentes com os seus galguinhos apesar da chuva.

Para além dos Galgos da katefriends.com a Eva apenas, porque o Jack está de baixa, os Galgos do Trevo Baco , Gabi, Isaura, Seta, Mabeca, Pipoca, Milovna, os não galgos Bob e a Leah e claro o pônei Orbílio ?, os que estão para adoção Pulguinha, Amora, Tokio, Nairobi, Lizzy, por fim os participantes Bolt, Lola, Leia, Mel, Branca, Nero & Bolt, Óreo, Kiko, Hórus, Pepper, Cookie, Haruki, Genji, Thor e Bandido.

Obrigada a todos por terem vindo, beijinhos da katefriends.com

Clique no link para ver o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=KE5J-T9f0Jk

ADOTADOS Casal Adão e Eva com 10 anos abandonados mas unidos com muito amor

A Vila e o Galé (nomes verdadeiros) já estão adotados. Foram para uma família cuja dona é a Médica Veterinária Drª Laura Nicolau.

Processo simples pois eu acho que a grande maioria dos galgos sentem que vão ser adotados e entregam-se.

Estou muito emocionada e agradecida a todos os que ajudaram e contribuíram para eles saírem da rua.

Obrigada

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

São dois galgos o macho Adão e fêmea a Eva, talvez irmãos pois têm a mesma idade e vivem juntos desde sempre.

Sempre de olhar posto um no outro, não desviam a atenção nem por um segundo, pois a vida é curta e quem gosta não descura.

O seu dono mudou de residência e deixou-os na rua ao abandono, vaguearam sem destino e foi ao pé do  Hotel Vila Galé da Várzea de Sintra, que encontraram algum alimento, os seguranças do hotel  comovidos com a sua ternura um pelo outro, resolveram alimenta-los. Por ali ficaram, mas dormem na rua ao frio, ao sol, à chuva, sem condições,  em perigo de adoecerem ou serem atropelados, sem tratamentos sem cuidados básicos.

São extremamente meigos, a Eva super extremosa, correu para mim, sem nunca me ter visto mal abri a porta do carro e encheu-me de festas, o Adão é mais reservado, gosta de festas é um amor, mas  menos efusivo.

Ambos devem ter à volta de 10 anos, apesar dos estado de abandono parecem estar de saúde, mas nota-se alguma necessidade de medicação para as articulações que é própria da idade.

Precisamos de alguém com um coração de ouro, muito especial, que tenha espaço para acolher este casalinho sénior que se adora, que se cuidam com tanto carinho, que  emociona e faz doer a alma pensar que alguém tão mau os abandonou.

Procura-se adotante muito especial, estão desparasitados, não têm chip.

Contactar: katefriends@katefriends.com  ou +351 919397462

FOTOS EVA:

 

FOTOS ADÃO:

  

Cães podem realmente amar seus donos (descoberto hormônio do amor em animais de estimação)

Cães podem realmente amar seus donos

Pesquisadores testaram níveis de oxitocina, o “hormônio do amor”, em animais de estimação

Pesquisadores afirmam que animais domésticos realmente amam seus donos. Experimentos descobriram que os animais também liberam oxitocina – o mesmo “hormônio do amor” que em seres humanos cria laços e vínculos nos relacionamentos.
A oxitocina é liberada em nosso organismo em diversas situações sociais e os nossos corpos a produzem em altas concentrações durante interações sociais positivas, como ao se apaixonar, experimentar um orgasmo, realizar um parto e amamentar.
Paul Zak, professor da Claremont Graduate University, na Califórnia, realizou vários testes para medir os níveis do hormônio que eram liberados quando os animais interagiam com outros animais e seres humanos.
A equipe obteve amostras de sangue de um terrier de raça mista doméstica e uma cabra que regularmente brincavam um com o outro.
— O resultado foi muito surpreendente. O cão teve um aumento de 48% no índice do hormônio, o que é considerado alto até para um ser humano— comentou Zak.
Segundo ele, a oxitocina surge para ajudar nas ligações afetivas, e o estudo mostra que os animais domesticados formam ligações e sentem o amor da mesma forma que os humanos. Ele complementou dizendo que apenas os animais que foram domesticados aparentam mostrar essa resposta.
Em um segundo experimento, 100 pessoas coletaram amostras de sangue para estabelecer seus estados fisiológicos basais. Em seguida, os participantes se deslocaram para uma sala privada e brincaram com um cão ou gato por 15 minutos. Logo após, realizaram outra coleta e seus níveis de oxitocina foram medidos.
Durante o processo, os cientistas verificaram que as variações nos seres humanos diferem em cada um, assim como os animais produzem respostas diversas.
O estudo também concluiu que algumas pessoas simplesmente não são “pessoas de animais”, e não mostraram nenhum efeito quando lhe foi dado um filhote de cachorro para cuidar. Isso mostra que nem todos os indivíduos são estimulados por animais de estimação.

ver:http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticia/2014/04/caes-podem-realmente-amar-seus-donos-4487406.html

Aniversário do meu querido Whippet Daffy

Armagnac de Bemsha Swing mais conhecido por DAFFY o galgo que marcou a minha vida, do meu pai, do meu filho, família e de alguns amigos, bem como o seu fiel amigo Tommy(Hermes of the Slim Bonies) era o cão mais inteligênte que conheci até hoje, apelidado como “uma continuação de mim” pois não me largava dia e noite, era hoje o seu ANIVERSÁRIO, adorava o meu pai que para ele era o Avôzinho e de certeza que devem estar juntos, nasceu em 1992, morreu com 16 anos de edema pulmonar, eram ambos filhos do famoso Capone du Manoir de la Grenouillere. Saudades Daffy…

Agradecimento a Fernando de Albuquerque

Agradecimento Especial Katefriends.com para todos meus amigos

Obrigada a todos que encontram e têm Galgos para adoção, por me confiarem a responsabilidade da adoção dos mesmos e pela vossa confiança em mim.

Obrigada aos adotantes por serem pessoas tão especiais e oferecerem-se para adotarem os “meus” galguinhos sem sequer os verem e nem se ralarem com as idades e problemas que têm.

Esta a maior satisfação que eu podia receber, saber que ao longo da minha vida já consegui arranjar lares definitivos para muitas dezenas de Galgos que agora vivem felizes mais os seus donos e já não vivem na rua.
A minha felicidade e realização pessoal passam por conseguir com o meu trabalho de voluntariado retirar da rua e salvar a vida de muitos Animais em especial dos Galgos que são os mais difíceis que arranjar adotantes que apenas os queiram para animais de companhia.

Obrigada a todos vós por tornarem este sonho realidade


 

 

Homenagem à Kate pelo ano maravihoso que nos proporcionou…

Kate a responsável pela criação deste website, depois de muitos anos a resgatar e tratar de adoções, assistindo ao sofrimento e partida precoce de tantos galgos, devido aos problemas causados pelas corridas.

Esta é a Kate que durou 1 ano e 2 meses e faleceu de ataque cardíaco.

Veio de Estremoz de um criador de galgos e galgueiro, que me ofereceu esta bebézinha.

Foi muito corajosa e ensinou-me a nunca desistir. Love Kate

http://www.youtube.com/watch?v=cfZiHd2mduI&feature=youtu.be

Kate Retrospectiva

Kate com 2 meses
Kate com 4 meses

 

Kate com 1 ano

Após 6 meses da morte da Kate que se foi com  1 ano de vida devido a grave problema  cardíaco, chega o Jack com 3 meses, outrora medroso e reservado mas agora nem parece o mesmo

Aqui vos deixo as fotos do meu Jack

Jack com 3 meses

 

Jack com 4 meses
Jack com 5 meses