Imagens que falam e às quais não podemos ficar indiferentes!!!

O exagero da vaidade humana, narcísismo, utilizando os galgos como objetos de leviandades para alimentar egos sempre nos chocou.

Estas imagens falam por si, já vão sendo DEMASIADAS as queixas que recebemos, printscreens, telefonemas e vídeos destes nossos adotantes da Pilar, que colocam frequentemente os animais sempre soltos em locais de risco só para conseguirem likes, atenção do público e mediatismo pessoal.

Acho que já chega de informar e avisar, agora temos de agir, adotar um animal é protege-lo e respeita-lo, ninguém que ama os seus animais que são como filhos, sacrifica a sua segurança em prol de alimentar o seu ego!!!!

Animais não são objetos!!!!  Imagem nesta foto duas crianças em vez de cães!!!!

Gostaríamos também de aproveitar para informar todos os que adotaram ou pretendam adotar futuramente galgos através da Katefriends Associação, que ao adotarem todos assinam este Termo de Responsabilidade com algumas condições, quem não estiver interessado em cumpri-las não adota, se as incumprirem poderão vir a ter consequências.

 

5 thoughts on “Imagens que falam e às quais não podemos ficar indiferentes!!!”

  1. Um caso reincidente, já me cruzei muitas vezes com estes senhores aqui no Porto onde vivo atualmente, por várias vezes a negligenciarem os animais andando sempre à solta a correrem a alta velocidade em locais extremamente perigosos, o cão dele até já mordeu a outros cães. Constatei também que abusivamente e compulsivamente estes senhores usam os seus animais adotados (algo que não é permitido e está nos termos de adoção) usados em diversas campanhas de venda de roupas para benefício pessoal financeiro, para alimentar os exacerbados egos, animais que mereciam uma vida tranquila, obrigados a trabalhar para alimentar os egos dos donos, em que nunca nada reverteu para ajudar Associações de animais, nem as que lhes deram os animais para adoção. Ingratidão!!! Têm dúvidas é só verem o Instagram com fotos dos animais, sempre soltos em todo o lado sem trela (tenho muitos vídeos e printscreens), a correrem junto de vias cheias de carros a passarem, no meio de estradas, e eles nada preocupados, pois o que lhes interessa é tirar a melhor foto, os cães que se lixem, se fugirem, fugiram, o que importa é serem famosos à custa dos galgos, angariar fãs para promoverem os seus negócios pessoais, escandaloso!!! Gente que se queria fazer disto a sua profissão, comprava animais a criadores e não usava aqueles que já foram usados e explorados centenas de vezes, que agora apenas deviam estar reformados e seguros, sem serem expostos a perigos constantes.

  2. Na legislação atual há regulamentação específica para responsabilização dos proprietários de cães, a foto faz prova da transgressão à lei vigente, continuem o vosso excelente trabalho, “vale mais prevenir que remediar”, ao dispor.
    Decreto-Lei n.º 314/2003 -Artigo 7.º
    Obrigatoriedade do uso de coleira ou peitoral e açaimo ou trela
    1 – É obrigatório o uso por todos os cães e gatos que circulem na via ou lugar públicos de coleira ou peitoral, no qual deve estar colocada, por qualquer forma, o nome e morada ou telefone do detentor.
    2 – É proibida a presença na via ou lugar públicos de cães sem estarem acompanhados pelo detentor, e sem açaimo funcional, excepto quando conduzidos à trela, em provas e treinos ou, tratando-se de animais utilizados na caça, durante os actos venatórios.
    3 – No caso de cães perigosos ou potencialmente perigosos, para além do açaime previsto no número anterior, os animais devem ainda circular com os meios de contenção que forem determinados por legislação especial.
    4 – As câmaras municipais, no âmbito das suas competências, podem criar zonas ou locais próprios para a permanência e circulação de cães e gatos, estabelecendo as condições em que esta se pode fazer sem os meios de contenção previstos neste artigo.

  3. Esta foto é a prova de um crime, a lei diz que é obrigatório andar sempre com trela colocada no cão, quando a circular num local público. Se circular com um cão numa cidade, estrada ou num local onde possam passar outras pessoas, cães ou carros, a presença da trela e da coleira é sempre obrigatória, sob pena de multa caso o detentor do animal seja apanhado sem a mesma. Circular nas vias públicas de trela com o cão é das poucas leis que fazem sentido uma vez que garante a segurança de pessoas, bens e animais. Não se controla o ambiente e, como tal, nunca se controla totalmente um cão, muito menos um galgo resgatado jovem cheio de traumas que corre a mais de 60km/h ao mínimo descuido, ruido, susto, sendo completamente impossível prever o seu comportamento e despois é tarde demais — e isto é factual. Obrigada por divulgarem a foto apesar do choque que representa olhar para ela.

  4. Na minha opinião não deixa de ser triste e ao mesmo tempo consternante, a falta de comentários construtivos e de apoio à Katefriends Associação, que ao longo de tantos anos tem desenvolvido um trabalho notável com o resgate desta raça bem como o acompanhamento e a ligação que se cria após cada adopção! Acredito que se fosse um post de “palhaçada”, sem nenhum cariz educativo, de chamada de atenção pelo perigo que esta foto representa, os comentários, os likes e os emojis transbordariam.
    É uma chamada de atenção sobre um tema que nos toca a todos enquanto “pais“ de animais de estimação, neste caso, galgos. Podemos ter certezas relativamente ao comportamento dos nossos cães num determinado contexto? Podemos afirmar com segurança que naquele concreto momento irão ter comportamentos expectáveis?! A resposta é não! Nenhum animal, por mais bem treinado, por mais bem educado, por mais sossegado que seja, tenha o mesmo comportamento em contextos diferentes. Nem nós, humanos, somos fiáveis e garantimos a mesma resposta a um evento similar. O que me espanta é o silêncio relativo a um assunto que é tratado levianamente entre tantos adoptantes, simpatizantes, amigos, conhecidos. Para se ser besta, basta ter sido um dia bestial! Isto sim é garantido! Bom bom é desafiar e criar grupos de pessoas que criticam o trabalho de outros, cujo o mero desejo é ver uma raça reconhecida em Portugal, que nada ganha com o trabalho que tem e ainda ouve e lê desaforos de pessoas que mais ou menos próximas assobiam para o lado e seguem caminho sem dar uma palavra de alento, apoio e mostrar a sua solidariedade, que imaginei-se, custa zero!
    A katefriends ajuda, apoia, acompanha não só os galgos que resgata mas os indivíduos que aceitam fazer parte da vida desses mesmos galgos. Não deixa de ser estranho ver um post de tamanha importância com 3 comentários! O ser humano não me deixa de espantar..sendo que aqueles que estão mais próximo dos ditos animais irracionais, deveriam ter um pouco mais de empatia, solidariedade, amizade e gratidão pelo que se fez no passado, faz-se no presente e se irá com toda a certeza, fazer no futuro.

  5. Estou no grupo dos sighthounds desde sempre, e tenho assistido silenciosamente aos comentários destas duas personagens donos da Pilar e Paco, os dois dotados de uma postura agressiva e arrogante, sempre com um discurso de ódio, inveja, utilizando palavras de insulto, sempre a instigar à violência e a difamar o bom nome da Katefriends Associação que faz um trabalho digno de louvor, maravilhoso, merecedor de toda o nosso respeito e admiração, com o pouco que têm fazem muito, ajudam antes e depois da adoção, têm sempre uma palavra de apreço para todos, e foi por isso que senti, que tinha de aqui deixar este carinho para quem tanto merece e compreendo perfeitamente a sua preocupação, pois eles nunca usam trelas nos cães, as fotos todas e vídeos deles e as gabarolices são a prova disso, e um dia infelizmente, quem vai pagar com a vida serão os animais pela vaidade e irresponsabilidade dos donos. Querida Cristina confiou-lhes um animal para adoção mas eles não merecem a sua bondade, mas eu sei que se preocupam mesmo assim porque amam os seus animais que entregam, e querem ver seguros e protegidos. Infelizmente minha querida as pessoas ingratas assemelham-se nas suas características, são todas interesseiras, querem ser o centro das atenções, fingem que tem um bom coração, são manipuladoras, especialistas em dececionar, não sabem dizer obrigado e muito menos pedir desculpas. Deixo-lhe aqui a minha profunda admiração pela forma incansável com a qual se dedica à sua causa, ao amor que demonstra tão puro e transparente que a todos nós sensibiliza e há sua determinação. Beijinho, estamos todos consigo no coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.