MUITO IMPORTANTE O USO DAS COLEIRAS PARA GALGOS

Por que a coleira martingale para galgos é IMPORTANTE
A principal razão pela qual esse tipo de coleira é usada tem a ver com dois problemas: a proporção única entre a cabeça e o pescoço nos galgos e o medo e traumas que a maioria apresenta.

Com uma coleira normal, se algo acontecer que assuste qualquer outra raça de cão e faça-o tenta escapar, ele não escapa. Isso porque o pescoço é muito mais estreito do que a cabeça e a coleira não pode escorregar pelas orelhas.

No entanto, os galgos têm um pescoço muito largo em relação ao crânio.  Então, com qualquer outra coleira, se eles quiserem fugir, escapam sem dificuldade do dono. À medida que a coleira martingale para galgos se aperta no pescoço dos cães, no caso de uma tentativa de fuga, ela não consegue sair.

coleira para galgos em pele

Larga no centro mais fina nas extremidades, esta coleira de galgos que será sempre apenas para usar na rua e não dentro de casa, é para além das Martingales a única segura para usar nos galgos.
Convém ser confortável e ajustável, devemos ter em atenção a qualidade do material (macias, flexíveis e forradas), as costuras, fecho e ter atenção para não ficar apertada demais, nem demasiado largo. O ideal é ajustar a coleira de modo que você consiga enfiar um dedo entre ela e o pescoço do seu cão sem esforço, mas também sem espaço para sobra.
Peitorais em lícra são indicados  para cães de pequeno porte e cachorrinhos principalmente quando andam a aprender a andar à trela ou galgos idosos, pois se forem muito activos conseguem retirá-los com um puxão tal como sucede com as coleiras normais de pescoço.

   

Para além da Coleira de Galgos ou Martingale,  nos galgos traumatizados e resgatados à pouco tempo é aconselhável o uso conjunto com peitoral apropriado para galgos e trela dupla, esta é a única forma de ter segurança máxima num galgo acabado de adotar e assustado.
Muito importante também o Identificador Electrónico – MICROCHIP que é obrigatório e em caso de fuga poderá ter esperança de reaver o animal, sem microchip a pessoa que o encontrar poderá registá-lo em seu nome não o devolver por falta de informação. Para sua segurança, para além do microchip é muito importante colocar na coleira uma chapa identificadora com o contacto do dono, este tipo de identificação já devolveu mais animais que o próprio microchip aos seus donos, animais que fugiram ou desapareceram por situações distintas, como fugas em dias de trovoada, assustados por outros cães, animais  roubados e que graças à maravilhosa chapa de identificação, todos foram encontrados e devolvidos aos seus donos, principalmente  de noite ou em horários em que as Clínicas Veterinárias estão fechadas ou ficam muito distantes para verificar a leitura do microchip no momento em que se encontra o animal na rua.
O Registo do animal na Junta de Freguesia da sua residência também é obrigatório

Todas as coleiras apropriadas para galgos existem à venda na webstore da katefriends.

https://www.katefriends.org/product-category/coleiras/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *