ENCONTRADA MÉTIS

O dono da Métis é do Porto contactou-nos informando que  foi-lhe entregue em Maio de 2016 pela ex dona Rosário Azevedo que não a queria e pediu-lhe sigilo.  O senhor  ficou com ela, registou-a em nome nome dele e apenas contactou para informar que ela está bem, é dele não a devolve a ninguém pois está afeiçoada à família e ao local e recusou a recompensa pois  apenas queria que eu soubesse que ela está bem. Disse que a Rosário uma vez por ano vai lá buscá-la para a passear na praia e tirar fotos as quais tem postado fazendo querer que a tem com ela, mas não. Convidou-me para a ir lá visitá-la e passear com ela quando eu quiser.
Agora sim, estamos em paz e agradecemos ao proprietário da Métis o contacto que pediu confidencialidade pois preserva muito a sua integridade pessoal.
================================================================
Actualização: A Métis ainda não apareceu ( Maio de 2018) mas  nunca iremos desistir de procurá-la, sei  que está viva e que um dia alguém irá contacte-me  a dizer que sabe onde ela está…para finalmente termos paz de espiríto…
Em Dezembro/2016 no Natal  fui para o Porto e aproveitei a quadra para visitar a adoptante Rosário Azevedo devido a inúmeras denuncias de queixas  de maus tratos continuados aos animais por parte dos vizinhos e também porque constava terem entretanto desaparecido, descobri que o Zeus e a Métis tinham sido abandonados desde Novembro de 2015 no  canil de galgos  que existia no Mindelo e pertencia ao Veterinário da BSA.  Em Fevereiro/2016 consegui que o Zeus saísse do canil e que fosse adoptado pela Sónia uma adoptante do Porto que ainda o tem,  a Métis arranjei-lhe um adotante e no dia 9 de Abril de 2016 (dia em que ia ser adotada) a  Rosário Azevedo soube porque lhe pedi os documentos para a transferência de propriedade da Métis e ela nessa noite, arrombou a box do canil  e desapareceu com a Métis escondendo-a, impedindo assim a sua adopção , ficou acordado que se algum dia não a quisesse por algum motivo fosse ele qual fosse, a Métis voltaria para a katefriends.com conforme estipulado nos documentos de adopção,  mas preferiu primeiro abandoná-los e posteriormente impedir a pobrezinha de ser bem adotada.
 
A quem souber do seu paradeiro dá-se recompensa de 300 Euros pelas informações confirmadas, fidedignas sobre o paradeiro da Métis.
O intuito deste anúncio é precisamente descobrir onde ela está, se está bem, se não está a ser usada para parir e outros fins, pois ela não a esterilizou, estou muito triste e preocupada com a Métis e não posso nem consigo desistir de a procurar…. 

Emoji he

Emoji hEncontra-se algures no Distrito do Porto…antes de ser deixada no canil a Métis e o Zeus moravam em Francelos ao pé da praia de Miramar. 
A ex adoptante que não os quis, colocou desde a data do seu desaparecimento, por 2 vezes fotos da Métis no facebook, não se sabe se actuais ou anteriores ao seu desaparecimento, tentado com esta atitude manipular informação fingindo que ainda a tem com ela, o que não corresponde à verdade, sabe-se apenas que a deu para um galgueiro que a quis para tirar cachorros e que mantêm o contacto com o senhor recusando-se a divulgar onde a colocou até às pessoas mais chegadas.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Galguinha Métis com 3 anos de “olhos pintados”, estava para adopção urgente, muito meiga, inteligente, um pouco tímida no inicio, receosa com alguns humanos, muito obediente, está habituada a estar com outros cães, gosta de correr, de crianças, não gosta de estar sozinha por isso procurava-se alguém com gente sempre em casa, com espaço interior e exterior para ela poder ter liberdade e que tenha outro cão ou cães meigos que gostem dela, preferencialmente com uma quintinha ou moradia com jardim bem murada.
Procura-se alguém especial que lhe proporcione  uma vida boa e tranquila, que goste e aprecie esta raça, esta cadela não serve para caça nem corridas, dá-se apenas para animal de companhia, precisa de um lar com muita paz, amor e carinho.
Tem chip (pois eu na altura da adopção em Fevereiro/2015 ficou registada em nome dela), algumas vacinas e licença de cão de companhia, não estava esterilizada (mas tinha esterilização marcada).
 Contactar katefriends@katefriends.com

Esta foto foi-nos enviada em Janeiro/2017 mencionando ser a Métis após recuperar duma perna partida no canil do galgueiro onde se encontra provavelmente desde o seu desaparecimento e que não sabemos onde fica.

Quanto à outra foto que nos foi enviada em Outubro/2017 na praia o dono dos whippet na foto contactou-nos a dizer que não tem qualquer relação com o assunto foi apenas um acaso e não conhecia a pessoa em questão. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *