PÊLO APRENDA COMO COMBATER A QUEDA E GANHAR BRILHO

Os óleos são uma fonte importantíssima de ácidos gordos como o Omega 3 e 6, DHA e EPA, que aportam a energia necessária para a realização das funções vitais do animal. Para além disso, estes óleos melhoram a qualidade do pelo e da pele e ajudam na lubrificação das articulações.

Exitem diferentes fontes de omega 3 para cachorros e adultos, como por exemplo a soja. Ao contrário do ômega 3, o ômega 6 é um ácido gordo essencial e por isso deve estar presente na dieta.

Existem várias opções. Estas são algumas das melhores opções em termos de aporte nutricional:

  1. Óleo de milho ou óleo de girassol: embora o mais comum seja oferecer azeite de oliva, tanto o óleo de girassol como o de milho são ricos em ômega 6, um nutriente essencial para o cachorro e que nunca deve faltar na dieta dele.
  2. Óleo de peixe: mais conhecido como óleo de salmão, mas também existe de sardinha, por exemplo. Estes óleos também são ricos em ômega 6. Atenção, não confunda com o óleo de fígado de bacalhau. Costumam ser vendidos em frascos ou garrafas com derramadores para evitar que oxidem. Ofereça uma colher por dia (dividir pela quantidade de vezes que o seu cão come). Caso você observe uma película brilhante nas fezes, deve reduzir imediatamente a dose para metade.
  3. Azeite de oliva virgem: O azeite de oliva pode ser utilizado em substituição dos óleos anteriores. Apesar de ser menos rico em nutrientes, é muito útil em constipação e melhora consideravelmente a saúde da pele.

    Probióticos

Os probióticos para animais são produtos formulados que contêm bactérias benéficas que já estão naturalmente presentes no intestino do cachorro. Não devemos confundir com pré-bióticos, que são mais indicados para animais com a flora intestinal alterada (situação mais frequente em animais que comem exclusivamente uma dieta caseira).

Podemos encontrar probióticos no kéfir ou no iogurte natural. Você deve sempre optar pelas opções bio, sem açúcares e sem conservantes, o mais puras possível. Recomendamos uma colher de sopa por cada 20 kg de peso do cachorro, 2 a 3 vezes por semana, misturado com a comida dele. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *